Um ministério de amor e dedicação

Pr. Marcos Mudrey

Sabe aquelas histórias fascinantes que vemos em filmes ou documentários? Pois a vida desse homem é recheada dessas histórias incríveis e surpreendentes.

Marcos Modro é casado e tem 2 filhos. Mesmo após aposentado ele continua realizando um lindo trabalho, dedicando sua vida em prol da salvação de pessoas.

Pr. Marcos iniciou sua carreira como missionário a muitos anos no estado do Acre, na região da Amazônia. Durante todos esses anos de trabalho ele contraiu malária por 41 vezes. Como consequência disso teve outro quadro de doença grave, a leucemia.

Sem condições financeiras para realizar o tratamento ele foi curado de uma forma milagrosa pelo poder de Deus. Um tempo depois contraiu meningite e da mesma forma milagrosa foi curado novamente.

Através de seu trabalho evangelizou várias tribos indígenas, além de centenas de outras pessoas que moram naquela região. São pessoas muito sofridas, que lutam para sobreviver em meio a tantas dificuldades. 

Pr. Marcos relata que trabalhar naquela área é um grande desafio, pois faltam recursos materiais e financeiros. Os locais são muito distantes e de difícil acesso.

Horas e até mesmo dias de caminhada em mata fechada e lamaçais, longas viagens em sua pequena canoa subindo e descendo rios perigosos, noites dormidas em céu aberto muitas vezes sem ter o que comer fazem parte de sua rotina diária.

Ele nos conta também o relato incrível de uma ocasião em que o combustível do avião em que viajava acabou. O que fazer diante dessa situação? Pr. Marcos responde que apenas orou, entregou sua vida a Deus e confiou. E mais uma vez a mão poderosa de Deus atuou e o avião conseguiu aterrissar em segurança.

Essas e muitas outras experiências incríveis que aconteceram em sua vida ao longo desses anos de ministério demonstram o cuidado e a proteção de um Deus maravilhoso, que se preocupa com seus filhos nas mais diversas situações.

A vida do Pr. Marcos é uma inspiração para todos nós cristãos. Um grande exemplo de fé, dedicação e amor ao próximo, assim como Jesus nos ensinou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *